Nossa loja usa cookies e outras tecnologias para que possamos melhorar a sua experiência no nosso website.

Master Temper

Master Temper

Grandes dimensões, elevada flexibilidade, alto desempenho produtivo.

Os fornos oscilantes MASTER TEMPERr cobrem uma gama dimensional adequada para satisfazer todas as exigências produtivas, com dimensões de boca de 1300 a 3300 mm.As instalações são dotadas de todas as tecnologias de controlo do processo, para garantir sempre a máxima qualidade.

 

Além de uma vasta gama de vidros para a têmpera, o forno MASTER TEMPER é ideal para o tratamento de vidros baixo emissivos magnetrónicos (Low-E) e pirolíticos. Permite óptimos resultados com o sistema Low-E 0.01. Para a têmpera dos vidros baixo emissivos a série MASTER TEMPER prevê duas modalidades:

  • Convecção de ar quente diretamente na câmara de aquecimento;

  • Pré-câmara de aquecimento a ar quente.

 

Para ambas as soluções, o sistema de convecção ACS (Automatic Convection System) permite obter a tempera de vidros baixo emissivos com óPtimos resultados. Os fornos MASTER TEMPER caracterizam-se pela máxima simplicidade de utilização flexibilidade operacional. 

Características técnicas:

 Rolos cerâmicos de sílica fundida;

  • Movimentação dos rolos cerâmicos com correias duplas;

  • Motorização independente carregamento/forno/tempera/ descarregamento comandada por inversor;

  • Resistências elétricas montadas e fixadas em painel;

  • Com garantia de máxima durabilidade e estabilidade;

  • No decorrer do tempo com sistema Grego;

  • Controle potência com SCR em várias zonas independente, tanto na parte superior, como na parte inferior;

  • Grupos electro-ventiladores acionados por motores com corrente contínua e/ou alternada com inversor;

  • Regulação vertical independente dos sopros;

  • Controlo da pressão independente para cada sopro;

  • Gestão do processo com autómato (PLC) e PC de supervisão;

  • Máxima simplicidade de utilização de programação;

  • Sistema independente de alimentação - UPS - sistema autónomo que fornece energia ao forno e permite completar a carga, fazendo sair o vidro;

  • Cada instalação pode ser estudada ad-hoc, posicionando por exemplo a câmara lateral para o ventilador numa posição mais idónea e adequada ao espaço de trabalho;

  • Sistema integrado dotado de tecno-câmara a raios infra-vermelhos capaz de controlar, registrar e arquivar a temperatura de superfície do vidro, permitindo ao operador de conhecer as informações de cada carga após o trabalho.

Referências específicas